21.11.06

Uma Prosa Por Dia: XXI

A filha do piloto japonês
(para Matsuo B.)


.... O piloto japonês preparava-se para o seu voo derradeiro; ao contrário do que muitos haviam feito, despediu-se da família com estreitos abraços e lágrimas japonesas e visíveis. Crê-se que chegou a dizer:
....
Bem, é certo que não voltarão a ver-me!
.... A filha mais nova, a que menos chorava, respondeu:
....
Em sonhos hei-de sempre voltar a ver-te, pai.
.... O piloto japonês sorriu.

Ondjaki, E se Amanhã o Medo